Neste curso vamos dialogar sobre as características do espaço, os materiais, o mobiliário, as linguagens que este oferece e como através de princípios e critérios intencionais é possível criar ambientes de aprendizagem que oferecem qualidade e apoio para as experiências genuínas das crianças.

O espaço, além de ser uma estrutura arquitetônica, é um lugar de vida, de encontro, de afetos e revela a visão de criança e infância que temos. Criar ambientes de aprendizagem suscita valorizar as relações entre as pessoas que habitam e interagem com os materiais e os objetos que foram escolhidos de forma cuidadosa e intencional para estarem lá.

A escola é formada por espaços e ambientes que se modificam continuamente para exploração, pesquisa e experiências de todos os seus protagonistas. Um espaço concebido como um interlocutor ativo, uma metáfora para as experiências, relações e conhecimento.

Por isso, é essencial pensarmos e projetarmos espaços que criem possibilidades lúdicas e inventivas onde todos possam sentir-se bem e integrados. Temos que considerar o espaço como um projeto de pesquisa contínuo, capaz de dialogar com a evolução que caracteriza a educação e as crianças.

O diferencial será aprofundar conhecimentos sobre os processos culturais e a importância do espaço na transformação das relações na Escola. Dispositivos convidam as crianças a explorar, criar, imaginar e brincar na Escola. 

Para quem?

A ação formativa Criando Ambientes de Aprendizagem é destinada a educadores, formais e informais, designers, arquitetos que possam se interessar em dialogar e ampliar repertório sobre mobiliário, jogos e materiais que apoiam o desenvolvimento infantil e humano. 

O que vamos aprender?

- Princípios para criar ambientes de aprendizagem: concepção, linguagens e contextos;

- Critérios de ambientação e construção de contextos;

- Breve histórico sobre mobiliários infantis;

- Jogos e contextos de aprendizagem intencionais;

- Acesso aos processos de criação e conceitos de peças e mobiliários que apoiam aprendizagem;

- Acesso a diferentes projetos personalizados desenvolvidos pelo Ateliê Quero Quero;

- Reinvenção dos espaços da Escola tendo os princípios e critérios para dialogar;

- Análise de imagens e vídeos de espaços preparados por educadores ao redor do mundo.

Como será o trajeto?

Rota 1 - Princípios e critérios para criar ambientes de aprendizagem. 

Rota 2 - Materiais e materialidades para contextos intencionais: mobiliários, cenários e jogos.

Rota 3 - Trocando experiências e ampliando repertório: arquitetura e projetos realizados junto a escolas e educadores 

Bagagem extra - Vídeo-síntese sobre o curso.

WhatsApp Image 2021-07-19 at 11.16_edited.jpg